Poemas de pedro aguerre

Veja um grafo dos poemas de pedro aguerre

Poema para meu filho Antonio, na véspera de completar seus 16 anos

15 anos é uma estrada nova, uma calça surrada, um cachimbo ou uma boina. 
15 anos, com ou sem pandemia, é espera, expectativa, possíveis quimeras, "experianças"
É vivência, experimentação, novidade, lentidão, tardança...
É bom demais, melhor ainda se não for sério demais...
Para você foi crescimento, sustança, continuidade e temperança,
Tempo bem ganho, bem aproveitado, mudança
Um prisma projetando cores para todo quanto é lado
ps: 16 é muito bom também, viu?
0